quinta-feira, 15 de julho de 2010

Cena

- Mesmo depois de tudo, você continua aqui?
- Já te expliquei o que aconteceu.
- Não, aquilo não tem explicação.
- A cafeteria é pública.
- Desta aqui você já deveria ter sido expulso.
- Pra isso existe os dez por cento.
- Você é ridículo.
- Faltou o insuportável. Ridículo e insuportável.

Silêncio.

- Tem visitado ele?
- Sim.
- E como ele está?
- Bem.
- Tem perguntado por mim?
- Nunca.
- E os outros?
- Acharam.
- Acharam?!?!
- U-hum.
- Meu Deus...

Silêncio.

- Foi tudo pro brejo então...
- Foi... mas não tente enganar a gente.
- Enganar?
- É. Estou cansada de você fazer isso. Daquela vez foi a mesma coisa.
- Não, não. Aquela vez foi diferente. Aquela situação era outra!
- Que situação? Hein? Que situação?
- Não dependia só de mim...
- Ah! Entendo. Ele está assim porque “não dependia só de você”...
- É!
- É. E quem vai pagar o prejuízo?
- Eu posso tentar com o cara que eu conheci...
- Pelo amor de Deus! Você ainda não entendeu que esse prejuízo é impagável?!
- Pára de me encher de culpa. Os outros também não ajudaram!
- Porque não era função dos outros fazer isso.
- Ah sim, era atrapalhar tudo.
- Como fizeram! E você melhorou a situação com sua lábia.
- Você está falando besteira.
- Besteira?!?! Besteira é o que foi descoberto depois!

O homem fica em silêncio.

- Você acha que nós não pesquisamos, depois de tudo?
- Pesquisaram o quê?
- Nos lugares que você deixou rastro, a gente foi atrás... colhemos informação por informação. Cada peça do quebra-cabeça era um passo à frente. Nos dedicamos muito...
- Que pena, tanto esforço pra nada.
- Se eu fosse você não diria isso...
- Garçom!
- ... quando você deixou ele lá, você sabia o que ia acontecer... você fez de propósito! Tudo aquilo de propósito!
- Garçom!
- Você é um monstro!
- A conta!
- Ele vive agora desse jeito, e você sente o quê? Hein? Está feliz? Está contente?

O homem vai saindo.

- Isso, escapa! Escapa aqui, porque quando você estiver lá, eles vão atrás de você! E você ta fudido! Entendeu? Fudido!!



- - - -

5 comentários:

Toque de Mágica disse...

Parabéns jú ! belíssimo o texto .

Cezar Mariano disse...

Delicioso, rsrs, ja li umas vezes, parabens guria!

CorVo disse...

Oi Ju! Não sei se vc posta selo no seu blog, mas te indiquei para receber o selo blog de ouro!
Depois da uma passada no Fla 6
http://fla6.blogspot.com e veja como participar!
até mais,
beijos!

Vitor disse...

Acho que está on agora... queria conversar com você.

Xandy Britto disse...

Eu já li isso! rs EEEEEEEEEE! Phlooooorida. rs